Samba malandro

Como bom brasileiro, não desisto nunca, requebro na raiz o samba. Malandro do dia-a-dia, visto minha máscara e também a fantasia.